domingo, 2 de setembro de 2012

Chega de sonhos no papel

Postado por F.C às 20:18
Reações: 

Você se lembra daquela listinha de sonhos - ou desejos - que montou no começo do ano? Aquela aonde você jurava alcançar todos, mas até agora não conseguiu nem a metade? Pois bem, já se passaram oito meses e você está ai, sentada, sem fazer nada, assim como nos anos anteriores. Está na hora de mudar, não acha? De lutar por aquilo que se quer conquistar. Você diz que seu sonho é ser engenheira, mas fica apenas esperando por ele. Comece a estudar, já é uma iniciativa.





Sim, isso é um puxão de orelha. Então vai, menina. Comece a construir sua estrada. Viva, porque a vida é uma só. Realize, capture e ganhe tudo que tiver direito. Você fica rezando toda segunda para que sexta-feira chegue logo. E durante a semana não faz nada de interessante. Quando a sexta finalmente resolve dar as caras, você não faz nada também. Maldita rotina que te agarra.

Buscamos apoio. Vivemos juntos. Eu, você, ele, nós. Aproveite tudo antes do fim. A gente tem uma vida inteira e metade dela ficamos nos represando. Sem fazer nada. Como robôs em conserto. 

Você pode sair de casa para comprar pão e não voltar mais. Você vai à escola e é atropelada. Por fim, morre. E então, me diga, o que você fez para sua vida valer a pena? E os seus sonhos no papelzinho que não foram realizados? Você está feliz agora?

A vida é urgente. É correria, adrenalina, tristeza, alegria, melancolia, saudade, amor, ódio. A vida é maluca e somos todos loucos dentro dela. Essa brisa que me deixa com frio na barriga. É o vento lá fora, mostrando-me que o tempo não me espera e que a vida já corre sem mim. Deixando-me parada em um só lugar. 

Eu quero sair desse casulo, dessa monstruosidade, dessa normalidade que me assusta. Mas eu preciso guerrear por isso. Quero amadurecer, quero saber lidar com as consequências, quero experimentar o sabor das responsabilidades. Quero viajar. Quero ir a Paris. Para no final, eu ter a certeza, de que todos os meus sonhos foi além de simples anotações no papel.





Créditos: Mariana Godoy

0 comentários:

Postar um comentário

ah curtiu? *----*

Laço de cetim Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos